Diamond Rivers, Rios de Diamantes

Cemitério Santa Isabel ou "Bizantino"

O cemitério, localizado na Serra do Cruzeiro, é um atrativo pela característica arquitetônica e pelo belo constraste que provoca com suas lápides pintadas de branco no paredão de pedras negras, num suposto estilo bizantino. Era tradição antiga quebrar os objetos e louças pertencentes aos finados e há montes desses cacos encontrados no cemitério.

Mucugê

A lenda conta que a corrida pela riqueza dos diamantes na região começou por aqui, antigamente chamada de vila de Santa Isabel do Paraguaçú, em 1844 José Pereira do Prado, ao passar pelo rio Mucugê, desconfiou da presença de diamantes pelas características do local e acertou: garimpou e deu diamante. Mucugê é também uma fruta silvestre da Chapada Diamantina, dando somente em altitudes elevadas.

Lençóis

Lençóis, nomeada capital das lavras diamantinas, é considerada hoje a principal porta de entrada para o universo da Chapada Diamantina. Com sua rica arquitetura colonial, reúne bons hotéis, restaurantes, ateliês e uma natureza exuberante no entorno. São muitas as opções de atrativos naturais e culturais nesta cidade, confira a lista de possibilidades!

Projeto Sempre Viva

Muitos moradores de Mucugê sobreviveram ao declínio do garimpo com a atividade de renda alternativa ligada a esta espécie de planta, a sempre-viva. Esta flor quase desapareceu devido à coleta indiscriminada, sendo recuperada pelo Projeto Sempre Viva, que busca preservar o patrimônio natural e histórico de Mucugê criando a unidade de conservação do Parque Municipal de Mucugê, com 270he de regularização fundiária, infra-estrutura adequada, laboratórios, centro de visitantes, alojamento e trilhas sinalizadas.

Cachoeira do Buracão

Em Ibicoara, município ao sul de Mucugê, encontra-se uma das mais famosas cachoeiras da Chapada Diamantina, com impressionantes 86m de queda. O rio Espalhado se precipita em um gigantesco buraco, no sopé da Serra do Sincorá. É necessário um guia local para conduzir o visitante até este atrativo, para chegar até a cachoeira é preciso caminhar entre os vales, descer algumas escadas de madeira e caminhar no leito do rio ou navegar contra a correnteza

Morro do Pina e Serra de São Pedro

Duas trilhas nos arredores a noroeste de Mucugê levam até a Serra de São Pedro. Extensos campos rupestres compõem a paisagem com vários riachos que surgem durante o períodos das chuvas. O morro do Pina é o pico mais alto da região, com 1568m de altitude, onde é possível observar as famosas e protegidas sempre-vivas-de-mucugê (syngonanthus mucugensis)

Rio Piabinhas e Rio Piabas

Entre Andaraí e Mucugê, o rio Piabinhas é um córrego que dá no rio Combuca, abaixo do rio Tiburtino e ainda próximo da cidade. Um passeio de muitos poços e cachoeiras, sereno e lindo. O rio Piabas é cortado pela BA-142 e tanto é possível subí-lo quanto descê-lo (em longo trecho) com várias piscinas naturais para banho.

Rio Paraguaçú

No alto da Serra do Cocal, no Morro do Ouro, em Barra da Estiva nasce o principal rio da Bahia, desaguando na Baía de Todos os Santos. Suas águas límpidas e amarelas contrastam com o lajedo de rochas rosadas de seu leito e há diversos pontos de banho possíveis em toda sua extensão.

Caminhada do Cruzeiro

Ao lado do cemitério bizantino há uma caminhada de 30 minutos que leva a um mirante com vista panorâmica da cidade de Mucugê e suas serras

REALIZE SUA RESERVA AGORA.

Fale com um dos nossos consultores